Cresce a leitura de livros

É comum encontrar noticias e relatórios onde se fala dos níveis de leitura e de literacia em Portugal. Se os livros lidos descem é o drama, se o número sobe desconfia-se. Mas vamos ver uma coisa, será que o número de livros que uma pessoa lê é um indicador fiável ? Uma pessoa pode ler 5 livros num mês, isso significa que aprendeu alguma coisa?

Se os livros mais lidos forem os de ficção significa que as pessoas os procuram para se entreter. Mesmo assim podemos ter níveis de iliteracia altos, depende de vários factores.

No meu caso, raramente leio um livro. E quando leio tenho dificuldade em chegar ao fim por não encontrar tempo para o ler. Não creio que isso indique que eu leio pouco, desde que sai da universidade até leio mais. Por dia leio vários blogs, sites de jornais e revistas entre outros Novos Media. Quando posso tento ainda comprar um ou dois jornais, mas raramente leio um livro…

via http://webjornal.blogspot.com/2006/06/cresce-leitura-de-livros.html

2 thoughts on “Cresce a leitura de livros”

  1. Olá Brunito…hj decidi deixar mais uma vez aki um comentário meu!
    Esta histórias das leituras sinceramente preocupa-me…
    Preocupa-me pq eu raramente leio…lembro-me q qdo era pekenita até lia bastante, os livros q comprava axava-os interessantes e dava-me um grande prazer lê-los! Agora q tou mais crescidita, e por cada vez q compro um livro n csg acabá-lo de ler…tal como tu dizes mas por motivos diferentes. Tu dizes q n tens tempo mas o meu problema nem é esse…os livros q comprei ultimamente n me intusiasmam…eu lembro-me de comprar livros q qdo acabava de ler o primeiro capitulo ficava c uma enorme curiosidade de ler o segundo e por vezes passava tardes inteiras a ler até xegar ao ponto de ter dores de cabeça!
    Às vezes penso…será q sou eu q sou preguiçosa para ler? Será q n gosto mm de ler? Ou será q ando a comprar os livros errados? É uma pergunta q fica no ar!
    Beijinho grande para ti e vê lá se lês mt! CULTURA-TE! lol
    ******************************************************************

  2. Olá! Realmente não creio que, tal como tantas coisas na vida, seja uma questão de quantidade mas sim de qualidade… e se há (e elas estão em todo o lado) tantas obras literárias comparaveis a rótulos de cerveja á venda por esse mundo fora, o simples facto de a população ler mais ou menos é irrelevante e uma pobre desculpa para o pessoal das estatísticas justificar o cheque ao final do mês. O ‘issue’, para mim é totalmente cultural e educativo, se as populações são mais cultas (o que está geralmente ligado a uma escolaridade mais elevada) vão ler obras de maior qualidade; inversamente, os menos cultos vão-se interessar apenas pelas obras que não os obriguem a consultar um dicionário… lá está, o rótulo da super bock ou o código da vinci. **

Leave a Reply