Do Fundo da Comunicação – o blog da Young Network

blog da youngnetworkGosto de ver quando surge um novo blog sobre comunicação e relações públicas. O mais recente pertence à youngnetwork. Mas tenho de dizer que esperava melhor.

A yougnetwork tem vindo a reunir uma lista de clientes bastante interessante. Para mim, estas listas de clientes são um bom indicador de qualidade. Porque geralmente conhecemos as marcas e os nomes e já temos uma opinião formada sobre eles.

Mas ao mesmo tempo acredito que a entrada da Young Network na blogosfera podia ter sido melhor. O blog mostra uma barra lateral com slides de fotos, widgets para comunicar directamente com a agência, para ouvir música… São isso mesmo, widgets, uma série de pequenas coisas interessante e engraçadas. Mas que nem sempre contribuem com algo de valor.

Quem somos
A Reputação é o principal activo de qualquer pessoa, empresa ou instituição.

# 1 na gestão de Reputação

Quando se trata de explicar o propósito do blog, só encontramos duas ou três linhas.

Este não pode ser um blog qualquer. É um blog corporativo porque representa a Young Network, mesmo estando alojado num serviço externo. Neste caso o blogspot. E como blog corporativo deve ter uma estratégia de comunicação mais sólida do que a que nos aparece aqui.

Quem é que o escreve ? Qual é o objectivo deste blog ? Se eu quiser contactar o blogger, como o faço ? Qual foi o primeiro post ? …

Há uma série de pequenas questões a que um blog deste género deve responder. Só assim podemos esperar contextualizar e compreender bem o que estamos a ler. A Young Network respondeu a algumas destas questões, mas ao mesmo tempo também artilhou o blog com uma série de widgets que não contribuem em nada para a leitura. Ou mesmo para a interacção com os leitores.

Ao participar num blog, a tendência parece ser comentar os posts ou enviar um e-mail. Shoutboxes, ligações ao skype ou outro sistema de Instant Messaging (IM) não contribuem tanto para criar uma relação entre blogger e leitores. E a razão é simples. Ao receber um e-mail ficamos logo com uma forma de contactar o nosso interlocutor. Por IM podemos perder a oportunidade de continuar o diálogo por uma série de razões.

Acho sinceramente que a Young Network é capaz de mais e melhor.

6 thoughts on “Do Fundo da Comunicação – o blog da Young Network”

  1. “..São isso mesmo, widgets, uma série de pequenas coisas interessante e engraçadas..”
    Bem vindo à web 2.0!

    Quem é que o escreve ?
    Widget “Slide”

    Qual é o objectivo deste blog ?
    “Do fundo da Comunicação”

    Se eu quiser contactar o blogger, como o faço ?
    Link “Onde Estamos”. Um blog não é um mail.
    É um espaço de alojamento de conteudos, colocados pelos intervenientes e comentados por quem os lê. Hoje em dia, felizmente, já é bem mais do que isso
    (http://en.wikipedia.org/wiki/Blog)

    Qual foi o primeiro post ?
    “Arquivo de Blog”

    “…mas ao mesmo tempo também artilhou o blog com uma série de widgets que não contribuem em nada para a leitura ou mesmo para a interacção com os leitores.”
    Para isso é que existem os conteúdos que valem só por si. Um blog não é um livro, revista, ou um jornal. É uma ferramenta de comunicação que graças à web 2.0 permite aglomerar um vasto conjunto de aplicações e informação seja ela qual fôr. E se existe, tem qualidade, é inovadora, e principalmente interactiva então porque não aproveitar e evoluir com ela também? Não faz sentido parar e ver o mundo a avançar diante dos nossos olhos enquanto procuramos encontrar justificações para a realidade que…é esta.

    “Este não pode ser um blog qualquer. É um blog corporativo porque representa a Young Network”
    Será apenas só isso?

    Pessoalmente, discordo. Porquê?
    As empresas são pessoas, como tal, precisam também do seu espaço para se exprimirem, libertas de pressões, interesses politicos, jogos de poder, lobbies, etc.. Marcar a diferença, por algo positivo, passa por sermos sinceros com nós próprios e com os outros. O termo “Blog” quando surgiu (num plano individual) foi por isto mesmo. É errado pensar-se que as empresas (por serem um colectivo) são imunes a tudo isto. Há uma linha muito ténue entre “Corporate” (institucional) e “Blogger” (ideologico), mas há! Cabe-nos a nós, enquanto pessoas, estarmos atentos e procuramos ser transparentes na forma como abordamos determinados assuntos.

    “Shoutboxes, ligações ao skype ou outro sistema de Instant Messaging (IM) não contribuem tanto para criar uma relação entre blogger e leitores”
    Ora vejamos, faz algum sentido uma empresa de comunicação desenvolver um blog (numa rede global) e não usar 2 das maiores ferramentas de comunicação na web do mundo a seguir ao e-mail? Quantas são por exemplo as empresas em Portugal que permitem aos seus visitantes/leitores a oportunidade de discutirem assuntos on-line e em “directo” com os interlocutores duma forma tranquila e próxima?
    A boa relação entre o blogger e os leitores só depende do conteudo da discussão. A unica coisa que a web 2.0 veio permitir, foi dar oportunidade para que isto pudesse ser possivel.

    “Acho sinceramente que a Young Network é capaz de mais e melhor”
    Bem! Aqui estamos totalmente de acordo!

  2. O meu ponto principal, é que um blog corporativo precisa de uma estratégia de comunicação sólida. Isso significa uma linha editorial bem definida e uma escolha adequada dos conteúdos. Mesmo as widgets são conteúdos.

    A questão de representar tanto as pessoas como a organização é interessante. Mas num blog corporativo chegamos ao cunho pessoal de quem escreve o blog através de outros elementos. Do tema que aborda, do discurso que escolhe. Mas não deixa de ser um blog corporativo, de ter objectivos diferentes do blog típico.

    O arquivo do blog é que me deve ter passado ao lado. Na altura em que escrevi o post procurei e não dei por ele.

  3. Para quem se preocupa com a vangurda de sistemas de comunicação instantâneos, cuja maioria dos utilizadores me custa a compreender que sejam os mesmos do target do blog, talvez não fosse precipitado nem inoportuna a preocupação com a Comunicação Visual, já que o blog, graficamente, deixa muito a desejar.

    Relativamente aos logos do tipo prémio nóbel pimba como o Blog Action Day (para relembrar que lutar contra a pobreza é algo que vai para além da troca de galhardetes com um potencial divulgador de blogs-chicos-espertos que mais não conseguem do que aumentar as audiências dos autores da iniciativa) e o Super Blog Awards, cujo significado só é grande para quem não é nada) etc, imprimem um ar muito pimba, e talvez lhes fizesse bem ler algumas do Bitaites sobre A arte de blogar. A humildade é sempre um bem essencial.

    Ah! e podiam acrescentar valor aos textos se o leitor passasse a saber mais depois da sua leitura, em vez ficar apenas a pensar que a pessoa que o escreveu, eventualmente, percebe qualquer coisa.

    Este desabafo é um ponto de vista genuíno. Obrigada pela sua publicação

Leave a Reply