Formação Profissional, Certificado de Aptidão Pedagógica… e Relações Públicas

Terminei esta segunda feira o curso de Formação de Formadores (dai a ausência de artigos). Acho que foi o tempo mais bem investido que tive até agora. Não só pelo que aprendi, pelos colegas ou pelos formadores, mas por ver como o ensino e a formação se enquadram nas Relações Públicas.

Não só pela postura de diálogo, pela preocupação com o público alvo ou pela produção de apresentações. Também pelo clima de troca de contactos, partilha de informação e procura constante de uma forma diferente de fazer as coisas.

Para trás ficou mais um bullet-point no currículo que vou agora puder actualizar. De resto não se perdeu nada, veio tudo com a agenda de contactos e os dossiers de formação.

Agora o blog retomará o seu ritmo habitual assim que possível!

6 thoughts on “Formação Profissional, Certificado de Aptidão Pedagógica… e Relações Públicas”

  1. Muitos desconhecem da importância e do valor do investimento nas bases. Olham apenas o que são visíveis, mas são as bases que dão sustentação a toda estrutura externa. O mesmo ocorre com a educação. Muitos não valorizam a pedagogia que corresponde as bases fundamentais da vida estudantil. É preciso investir na base, para que a estrutura não venha ser comprometida.Lutemos para que a parte pedagógica seja de qualidade, e não seja qualquer fundamento!!!

  2. É sem dúvida um investimento para a vida, quer pessoal quer profissional. Uma experiência riquíssima pelo que aprendemos, conhecemos e passámos a valorizar.

    A formação é mesmo transversal a todas as àreas, basta ver pelo grupo: pessoas de Comunicação Social, Sociologia, Politica Social e Artes.

    Parabéns Sr. Formador e muito boa sorte!

    P.S.- Obrigada pelos momentos musicais escolhidos na perfeição 😉

  3. A ideia não é má de todo não. O problema é encontrar local e cumprir todos os requisitos de certificação.

    O meu trabalho final do curso foi sobre Plataformas de Comunicação Online. Tenho estado a ponderar revê-lo para corrigir alguns erros (causados pela pressa de cumprir a data limite de entrega) e pegar em alguns temas para publicar no blog.

Leave a Reply