Hype Cycles em Relações Públicas


O Hype Cycle é uma metodologia da Gartner que tem como objectivo ajudar a compreender a evolução da tecnologia.

No entanto é seguro dizer que este género de análise também é possível de aplicar à comunicação e às estratégias de relações públicas.

Em 2006, Neville Hobson fez uma análise de um destes hype cycles:

Looking at the chart, of particular note is what’s at the peak of inflated expectations and about to hit the downward ski slope into the trough of disillusionment – mashup, Web 2.0 and folksonomies.

These three are perfect examples of unrealistic expectations produced by a lack of clear understanding (or, perhaps, lack of effective communication) about what such technologies can actually help you achieve from a business perspective, and when.

Already near the trough are Ajax, wikis and corporate blogging. That is potentially a good sign – depending, though, on how soon/quickly they move into the slope of enlightenment.

Podiamos tentar aplicar a mesma análise ao twitter e a outras formas de comunicação online. Conseguiamos montar uma estratégia de comunicação muito mais eficaz se este hype cycle fosse uma das bases. Quer fosse para comunicação interna ou externa, o hype cycle serve de ferramenta para decidir em que canais de comunicação apostar ou que género de conteúdos devemos publicar.

Em relação à análise de 2006, acho que já podemos dizer que o Corporate Blogging e os Wikis têm vindo a amadurecer como tecnologia. Mas isso não significa que o hype cycle para a adopção destas tecnologias já tenha chegado à fase de Slope of Enlightenment ou que essa fase surja em todos os paises em simultâneo. Como exemplo prático, Portugal já tem uma blogosfera que começa a amadurecer e no entanto ainda não se vêm muitos blogs corporativos escritos por CEO’s.

Leave a Reply