Os Atritos Sociais da Blogosfera

Nos blogs há discussões, a chamada flame war ou picardia em português a sério.

É normal tendo em conta o meu último post. Deve-se às rivalidades e alianças  que existem e reflecte-se nos blogs de cada interveniente. O grande problema acaba por ser o tema usado, e não necessariamente ter-se respondido ou não a uma provocação.

Esquecendo o tema e quem tem ou não razão, vai tudo depender de uma coisa. Trata-se de que género de blog ?

Há blogs onde uma atitude menos séria não se admite. Blogs onde os temas abordados são sérios e dos quais esperamos alguma reflexão em cada post.

Até porque os leitores nem sempre têm interesse em rivalidades. Se as rivalidades pessoais afectarem muito os blogs, as pessoas terão tendência a visitar menos o site e a deixar simplesmente de subscrever à feed.

Ao criar um blog temos de responder a uma pergunta simples. Queremos um blog para nos divertirmos ou queremos seguir um objectivo mais sério? Se o objectivo é sério e queremos reunir leitores, então a preocupação principal deve ser perceber o que eles querem ler e não só o que nós queremos publicar.

One thought on “Os Atritos Sociais da Blogosfera”

  1. Ora bem… A difícil arte de conseguir leitores de qualidade.
    É uma das coisas que mais me preocupa. Talvez por ainda os não ter conseguido [salvo honrosas excepções], esses são os meu “público alvo”. Mas aí é que a “porca torce o rabo”… é que para termos leitores de qualidade devemos apostar em conteúdos de qualidade. E isso não é para todos.
    Estou em crer que actualmente se aposta mais na forma que no conteúdo e que o conrador de visitas, o contador de links e o número de comentários são quem mais ordena.
    Para o bem e para o mal.
    Mas, enfim, é isto a blogosfera.

    Felizmente há excepções, boas excepções, e os três artigos publicados por aqui e dos quais fiz uma cópia parcial chamaram já a atenção de alguns “consagrados” [a crer nos registos de proveniência e das páginas “de aterragem”] tendo já obtido um valioso contributo por lá, na caixa de comentários. O que é bom.

    Esta série de posts actualmente em curso por aqui no relações públicas faz-me vontade de reactivar o “Anti-Blog” que mantinha noutros tempos. Caso a ter em conta…

    Abraços,
    CJT

Leave a Reply