Precisamos de novos Press Releases

As relações públicas viviam muito à base do press release. A ideia de que 85% dos press releases recebidos vão para o lixo não devia ser nova.

Há tempos encontrei um artigo sobre um novo género de press release, com o título sugestivo de “Die! Press release! Die! Die! Die!“.

Ou seja, a solução para o mundo das relações públicas passa por uma série de opções:

  • Novas formas de press release, como mostra o artigo;
  • Alternativas ao press release, como blogs de empresa ou wikis. Hoje em dia até podemos difundir com facilidade press releases em video;
  • Apresentações dinâmicas, controladas pelo espectador;
  • Sempre que possível, manter uma relação com as redacções mesmo que não se ganhe nada com isso. Mais que não seja para facilitar a vida ao jornalista que quer informação.

Eu podia esticar estes temas por mais 3 ou 4 posts… Mas o mais importante acaba por ser sempre: Não inundar as redacções com material ! O press release só deve ser enviado quando temos algo de relevante e não só por termos mudado a cor de uma gama de produtos ou porque abrimos uma loja num centro comercial qualquer.

Leave a Reply