Promover SEO através de Relações Públicas

SEO (search engine optimization) é uma prática pouco habitual nos sites portugueses. Basicamente, é um conjunto de técnicas que tornam um website mais acessível aos motores de busca. Ao mesmo tempo, permitem que o site seja acedido por invisuais que recorrem a browsers de texto e programas que convertem texto para voz.

No blog doispontocinco já se falou mais do que uma vez sobre a necessidade de divulgar melhor estas práticas entre os webmasters portugueses. Recentemente, o mesmo blog apresentou a iniciativa de se criar um wiki dedicado ao tema.
Gostei muito da ideia mas acho que podemos fazer mais ainda. Primeiro, divulgando e contribuindo para o wiki. Depois acho que é importante mostrar o que se defende. Basta usar uma tag nos posts sobre o tema, como “seo-pt” ou outra que nos pareça apropriada e mais específica. E que tal um rótulo ?
seo-pt

Será que isto chega? Não. É bom mas podemos fazer mais para chegar aos utilizadores que procuram informação sobre o tema. Para isso lembrei-me de dois serviços que podem ser usados em conjunto. O Listible e o Rollyo.

O primeiro serve para criar listas de recursos sobre um determinado tema. Qualquer utilizador registado pode acrescentar items, a ordem de cada item é decidida pelos votos que recebe. Da mesma forma que acontece com o digg. Aproveitei para dar inicio a uma lista de recursos para SEO-pt.
A função do rollyo é criar motores de busca personalizados. Escolhemos um total de 25 sites dedicados a um qualquer tema. Quando queremos procurar algo dentro desse campo, podemos fazer uma pesquisa mais focada em vez de vasculhar dez mil resultados do google.

Se podemos votar e submeter os melhores sites de SEO em português ao listible, podemos também criar um motor de busca que só procure dentro desses melhores recursos.

Resumindo, podemos divulgar a ideia e criar uma comunidade de recursos sobre SEO em português de várias formas:

  • Divulgando e contribuindo para o wiki WebDevs @ NonsenseBB;
  • Acrescentando recursos à lista do listible;
  • Indicando o searchroll do rollyo a quem procure informação sobre SEO; (Como este searchroll foi criado por mim, vou ter o cuidado de o manter sincronizado com o listible)
  • Usando tags mais especificas quando falamos de SEO em português, como seo-pt ou outra que pareça apropriada;

No fundo, estamos a promover as práticas boas práticas de webdesign através de relações públicas: criando recursos, geridos e divulgados pela comunidade. O novo wiki é o melhor exemplo, permite contribuições de qualquer pessoa que conheça o tema e facilita a pesquisa a quem se esta a iniciar no webdesign.

5 thoughts on “Promover SEO através de Relações Públicas”

  1. Muito bem pensado. Vou fazer a minha parte na divulgação dessa ideia, mais tarde com um post. Por agora deixa-me só esclarecer duas coisas. A ideia do wiki não foi minha, mas sim do Dextro. O wiki não é apenas dedicado a SEO. Trata-se de um wiki pensado para Web Developers, segundo me parece. Mais virado para o lado técnico e tecnologias que são uma das componentes do SEO, mas, cada vez mais, acho que faz parte do SEO a componente de Marketing e Relações públicas (Sociais). Essa parte não está abrangida no wiki, pelo menos por enquanto.

  2. Tem piada ler o teu comentário depois de ver o post mais recente do Rohit Barghava http://rohitbhargava.typepad.com/weblog/2006/09/smo_and_the_art.html .

    Ele fala de optimização para os media e das diferenças com a optimização para os motores de busca. A principal é que só o SEO tem um efeito directo nos motores de busca.

    Da mesma maneira, o papel das relações públicas e do marketing é colocar um website na rotina diária dos visitantes. (Divulgá-lo é fácil, atrair visitantes também, mantê-los é que custa)

    Mas não deixas de ter razão, temos de coordenar tudo com optimização para os motores de busca, com a publicidade dentro e fora do site, com a produção de conteúdos…

  3. Pingback: doispontocinco
  4. É claro que os artigos brasileiros também são bem vindos. O objectivo é difundir as boas práticas e recolher recursos para quem quer aprender. Isso só pode acontecer se unirmos esforços.

Leave a Reply