Cultura de Blogue – Cenas dos próximos episódios

Confesso que já esperava não receber qualquer resposta de José Pacheco Pereira. No entanto acho positivo que um colega brasileiro tenha mencionado a tentativa de diálogo.

Pelo comentário do Paulo e através do Café da Manhã percebi que já não era a primeira vez que se tentava obter um diálogo construtivo do autor do Abrupto. E também me apercebi do apoio de outros blogs, como o Comunicação Empresarial. Sem esquecer a participação de outros bloggers nos comentários. ( 1gr de Algo publicado pelo Squeezy, e o Pedro Cavaco)

google analytics goalsAlém disso também notei que o Zone41 partilhou o post na selecção de Google Shared Items do Google Reader. E o post foi um dos mais lidos durante essa semana.

Posso não ter conseguido arrancar do Pacheco Pereira a vontade de discutir o tema e melhorar a Cultura de Blogue que temos. Mas acho que estes dados mostram que é importante fazer mais um esforço numa direcção diferente e mais receptiva ao diálogo: os bloggers.

Por isso a ideia agora é outra. Quero saber o que consideram que faz um bom blog ou que são boas práticas de blogging.

Escrevam nos vossos blogs um post com o título Cultura de Blogue, partilhem as vossas ideias e enviem-me um e-mail com o link. Gostava de receber o máximo de opiniões possível para depois juntar tudo num único post.

Não vou estabelecer prazos, vou apenas esperar até ter contribuições suficientes. Fico à espera de saber as vossas opiniões.


2 thoughts on “Cultura de Blogue – Cenas dos próximos episódios”

  1. Bom… post com título “Cultura de Blog”, não tenho…
    Mas tenho algumas coisas relativamente recentes e que vêm ao encontro da proposta:
    http://fractura.net/politica/a-historia-em-revolucao/
    http://www.comunicacaoempresarial.com/sociedade/a-sociedade-nos-blogs/
    http://fractura.net/blogologia/blog/
    … entre outros.
    Mas vou tentar escrever um “exclusivo”…

    Esta é uma discussão que considero realmente apaixonante. Está na altura de se assumir, de facto, a existência de uma “Cultura Blog”, se assim se quiser chamar, e tentar determinar pontos fortes e fracos, as suas consonâncias e dissidências do “mundo físico” e da imprensa tradicional, de analisar a sua componente meta-informativa, entre todo o manancial que o conceito, por si só, apresenta.
    Vais ter muito trabalhinho a coligir tudo isso. Mas vale a pena!

    Abraço,
    CJT

Leave a Reply