Os Relações Públicas pelos olhos dos jornalistas

Este estudo que encontrei graças ao Media, Strategy and Intelligence é o resultado de um inquérito a jornalistas.

bulldogreporterAs perguntas não se concentraram só na relação entre as empresas e os media. A maioria questiona a relação entre os jornalistas e as tecnologias de informação.

A maioria das queixas está no uso dos sites de empresas. Seja por ser difícil encontrar os contactos do press office, ou porque há pouca informação. E quando há chega a ser difícil encontrá-la.

Eu consigo perceber porquê. Temos de nos lembrar que o site de algumas empresas são projectos que já existem há vários anos. Não trazem a versatilidade dos novos sistemas de conteúdo, estão muito interligados com a intranet e ainda organizam o conteúdo de modo hierárquico.

Entra em jogo a dinâmica de SEO e Relações Públicas que o Sérgio Rebelo defendeu neste post e que antes já tinha sintetizado da seguinte forma:

Eu tenho uma visão mais ampla e para mim o SEO inclui o SEO clássico (para os motores de pesquisa), o SMO (Social Media Optimization) e as Relações Públicas, que têm a ver com a forma como tu abordas e manténs os teus leitores/clientes. tudo isto no sentido de maximizar as visitas ao teu site, independentemente da motivação financeira, fama, etc.

E nesta sequência de ideias, o Strategic Public Relations refere que as Relações Públicas não estão a aproveitar bem as oportunidades que o SEO cria no que diz respeito ao envolvimento dos visitantes.

4 thoughts on “Os Relações Públicas pelos olhos dos jornalistas”

  1. Bruno, tens de entender que a empresa que patrocina o estudo é especializada em soluções técnicas para a integração de centros de imprensa nos sites. Por isso, há que dar o devido desconto. O estudo em si é relevante para entendermos como melhorar a relação com os media.

  2. É verdade Luis. Mas ainda assim o estudo mostra pormenores interessantes.

    Um deles é que os jornalistas ainda preferem receber os press releases por e-mail. Por isso mais do que uma press room online seria importante ter uma newsletter para os jornalistas.

Leave a Reply